quinta-feira, 19 de abril de 2007

Vê.


Vê, com os meus olhos, vê.
Espreita ali, bem ali, sente o frio dos meus olhos metálicos e vê.
Vê como eu.
Abre os olhos; o único refúgio é a razão e quanto mais te cega esse coração mais eu vejo.

1 comentário:

Vanina disse...

olhar no mm sentido é fácil, o problema é qd o coração vê coisas diferentes...
***