segunda-feira, 7 de abril de 2008

poesia alentejana

Adoro estes poemas alentejanos...deixam-me inspirada. Esta descrição da natureza e a sua relação com o Amor...fantástico!

"Ê vi-te no tê jardim
Andavas colhendo hortelã!
Ê cá gosto de ti,
E tu??? Hãaa?"

--

"Perdi a minha caneta
Lá prós lados da Varzea
Se lá fores e a vires
Trázea!!!"

--

"Subi acima de uma arvori
Para ver se te via
Como não te vi,
Desci-a"

--

Subi a um ecaliptre
Com o tê retrato na mão
Desencaliptrê-me lá de cima,
Malhê com os cornos no chão!"

1 comentário:

disse...

bem, se ele com o computador assim pousado estiver a trabalhar eu sou o Tayfun! Cá para mim o puto passa o dia é a ver gajas nuas na net.