domingo, 27 de abril de 2008

pequenas coisas em momentos maiores

Pequeninura do morto e do vivo

O morto
abre a terra: encontra um ventre

O vivo
abre a terra: descobre um seio


Mia Couto in "Raiz de Orvalhos e outros poemas"

1 comentário:

Vanina disse...

Mia Couto... a simplicidade com que fala de coisas complexas...

***